Como pensa a política do Clube

Vamos apresentar a vocês um pouco de cada lado da política do Clube. Aos poucos, vamos deixar em posts por aqui informações sobre o que pensam, o que querem os dois (três) lados políticos do Clube.

O Movimento 1895 não apóia nenhuma movimentação política presente no Clube até agora. Nós acreditamos expressamente que situação, e a dividida oposição são  e devem se considerar co-responsáveis por deixar o Clube na situação presente.

Se realmente houvesse uma força séria e determinada em mudar o Clube, não pensaria de maneira antiquada e fechada como pensam atualmente boa parte das movimentações políticas do Clube.

Abaixo, para vocês seguem o pensamento de uma linha da oposição.
Defendem o Clube e a Gávea contra irresponsabilidades e corrupção, mas pelo que demonstram, aparentam mostrar o mesmo pensamento de 30 anos atrás, vendo o Flamengo como um clube privado de sócios-proprietários, um clube como um Clube de servidores ou algo parecido.

Enquanto isso fecham as portas para projetos que podem salvar o Clube. Projeto moderno de sócio-torcedor? Como já falamos, eles pensam que queremos visitar a piscina do Clube. Não, a Nação Rubro-Negra quer ajudar o clube finaceiramente e ganhar descontos para ingressos, produtos, e o direito de escolher por meio de voto democrático alguns cargos do clube.

O Flamengo não se resume a um grupo de sócios-propietários e sim a um grupo de milhões de torcedores! Os conselheiros do Clube precisam entender que somente a torcida pode salvar o Clube. É ela quem deseja contribuir, compra ingresso, quem compra produtos, quem doa dinheiro. 

Não queremos generalizar, por que sabemos que existem pessoas rubro-negras autênticas neste meio, mas sabemos e vemos que o pensamento velho e pequeno ainda impera.

 

Este é Leonardo Ribeiro, Presidente do Conselho Fiscal.

Mais conhecido como Capitão Léo. Uma pessoa tida por muitos como suspeita por suas atitudes faz anos dentro do Clube. Defende o clube contra
as irregularidades da atual situação, mas era participativo e colaborativo na gestão de ESS, aprovando contas como a de Petkovic.

Este é César Sansão, Membro eleito do conselho Fiscal

Mais para frente falaremos de outros diversos membros, e claro, vamos falar mais de Kléber Leite, Márcio Braga, Delair e da turma de Edmundo Santos Silva.

Enquanto isso você pode deixar de somente ler e nos procurar. Mudanças já!

Exigimos um projeto moderno de sócio-torcedor!

Exigimos um projeto moderno de sócio-torcedor!

0 Responses to “Como pensa a política do Clube”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: